Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

CENTENAS DE RÓTULOS

Nacionais e importados

PARCELE EM ATÉ 4X

No cartão de crédito (parcela mínima de R$60,00)

FRETE GRÁTIS

Acima de R$399,00 (região Sudeste)

SOMOS ESPECIALISTAS

Confiança e segurança garantidas

Atualizando informações ...

Vinho Tinto Quinta das Estrémuas Reserva DOC Dão 750 ml

Ref: 850
De cor Rubi forte apresenta aroma de elevado requinte, com nuances de frutas vermelhas e especiarias. Na boca é intenso e aveludado com boa estrutura tânica o que lhe confere uma magnífica evolução na garrafa. É um vinho que se encontra pronto para consumir, no entanto sua qualidade melhorará nos próximos 5 anos.
Disponibilidade: Imediata
R$ 104,88 NO PIX
ou R$ 108,12 em 1x de R$ 108,12 sem juros

Por:
R$ 108,12

R$ 104,88 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 1x de R$ 108,12 Sem juros MasterCard - Vindi
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

Descrição

De cor Rubi forte apresenta aroma de elevado requinte, com nuances de frutas vermelhas e especiarias. Na boca é intenso e aveludado com boa estrutura tânica o que lhe confere uma magnífica evolução na garrafa. É um vinho que se encontra pronto para consumir, no entanto sua qualidade melhorará nos próximos 5 anos.

A Vinícola de Nelas S.A surgiu da audácia de um grupo de amigos beirões que no ano de todos os perigos em 1939, resolveram criar uma empresa de vinhos que permitisse comercializar os vinhos do Dão por todo o mundo. Em 1939 foi construído um armazém que permitiu a compra de vinhos aos pequenos produtores da Região Demarcada do Dão, para serem tratados e engarrafados por forma a serem exportados através de ferrovia para os Aliados e para o Eixo durante os anos da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Face ao estado depressivo do continente europeu, no pós guerra a Vinícola de Nelas viu-se na contingência de apostar no mercado colonial nomeadamente em Angola e Moçambique, Cabo Verde e Guiné Bissau por forma a escoar os seus vinhos. Durante as décadas de 50 e 60 estes mercados foram essencialmente consumidores de vinhos a granel. Com o advento do desenvolvimento económico das colonias, começou a verificar-se nas mesmas uma apetência por vinhos engarrafados, indo de encontra este anseio a Vinícola de Nelas decidiu criar uma filial em Angola a Vinícola Africa. Esta filial permitiu expandir para todo o mercado africano os vinhos da Vinícola de Nelas. No ano de 1974 ocorre o 25 de Abril, Portugal democratiza-se e iniciasse o processo de descolonização, tendo como consequência direta, a perda dos mercados africanos, bem como, uma grande instabilidade no mercado interno. Em resultado desta transformação que o pais sofre a empresa depara-se com o desafio de conquistar novos mercados de forma a manter a sua viabilidade financeira, tendo apostado fortemente no mercado norte-americano e alemão. Na década de 90 com o fim do monopólio cooperativo da transformação de uvas em vinho a empresa investiu, num moderno centro de vinificação, que lhe permitiu fazer face a uma procura cada vez maior de vinhos de qualidade, passando a controlar todo o processo enológico. Na mudança do milénio a empresa investiu na área agrícola plantando 12 ha de vinha. Passando a ter a possibilidade de controlar na íntegra todo o processo produtivo, produzindo vinhos das suas próprias uvas, posicionadas num patamar de superior qualidade – “QUINTA DAS ESTRÉMUAS”.

Ficha técnica

 Região: Dão, Portugal. Clima mediterrâneo e solo granítico.

 Tipo: Tinto DOP

 Uva: Touriga Nacional, Jaen, Tinta Roriz e Alfrocheiro(12%)

 Teor alcoólico: 13,5

 Cor: Rubi forte 

 Aroma: Aroma vinoso de elevado requinte, com nuances de cereja e especiarias.

 Paladar: Sabor intenso e aveludado com boa estrutura tânica o que lhe confere uma magnifica evolução na garrafa

 Produtor: Quinta das Estrémuas

 Temperatura de serviço: 18ºC

 Harmonizações: Carnes e queijos variados.

 Técnica: Fermentação por maceração pré-fermentativa durante 24 horas e temperatura controlada até aos 25ºC durante 10 dias. Maceração pós-fermentativa durante 5 dias.

Outras informações:

  • Tipo de Plantação: Densidade de 4000 pés por hectare
  • Tipo de Poda: Cordão Guyot duplo e cordão Royat duplo
  • Rendimento por hectare (ton./ha): 6 ton. de uvas por hectare
  • Localização das vinhas: Concelho de Nelas, Altitude 450 m
  • Acidez volátil: 0,66 g/L
  • Extracto seco: 30,7 g/L
  • Açucares redutores: 2,2 g/L
  • Estágio: 36 meses em barricas de carvalho francês
Características
  • Teor Alcoólico: 13,5%
  • País: Portugal
  • Harmonização: Queijos
  • Região: Dão
Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...